Colheita | 1937

Vinho do Porto

Descrição do produto

ENVELHECEU SEMPRE EM CASCO Fino e elegante, uma viagem através do tempo.

O VINHO DE UMA ÚNICA COLHEITA QUE ENVELHECEU SEMPRE EM CASCO Fino e elegante, uma viagem através do tempo
O Vinho do Porto para o verdadeiro apreciador dos Tawny Velhos. Enquanto os nossos Tawny 10, 20 e 40 anos são vinhos loteados, concebidos para manter um estilo consistente, o Colheita assume a personalidade do ano em que foi produzido. Cada Colheita é distinta ainda que sempre marcada pelo «terroir» da Noval. São vinhos do Portos raríssimos — entre os melhores da região do Douro —, produzidos em quantidades muito reduzidas e injustament pouco reconhecidos.
A Quinta do Noval é uma das poucas Casas de Vinho do Porto famosas tanto pelos seus Vintage como pelo Tawny Colheitas.


PRODUÇÃO
FRESCURA
Uma característica muito importante dos nossos Tawny Velhos.
COMO SE PRODUZ UM TAWNY COLHEITA
Em anos excecionais, são escolhidos lotes de vinho com potencial extraordinário de envelhecimento para estagiar a vida inteira em cascos. Depois, decidimos engarrafar uma parte, sendo o restante guardado em cascos, onde continuará a envelhecer e a desenvolver uma nova expressão. Deste modo, o mesmo Colheita pode ser lançado no mercado em várias ocasiões: depois de 15, 30 ou 40 anos de envelhecimento e até mais, em alguns casos.
ORIGEM DAS UVAS Todas as uvas são provenientes da vinha da Quinta do Noval.


VINIFICAÇÃO
As uvas são pisadas a pé para obter o mosto e são novamente pisadas durante a fermentação nos tradicionais lagares da Quinta.
MATURAÇÃO
A legislação estabelece um mínimo de 7 anos de envelhecimento em casco. Na Noval, os Colheitas são comercializados após 10 a 12 anos de envelhecimento.


DESFRUTE-O
« Este Vinho do Porto datado tem uma cor tawny âmbar pálida, com tons de amarelo dourado límpido e reflexos verdes, que realçam a sua idade e excelente qualidade.
Extremamente rico e poderoso, com complexas camadas aveludadas de frutos secos, caramelo e alguns aromas etéreos a especiarias.
Extraordinária profundidade e concentração, com uma boa acidez, bem equilibrado, proporcionando um fim de boca ligeiramente seco, muito longo, que perdura. »
António Agrellos, Diretor Técnico
MOMENTOS PARA SABOREAR
Particularmente agradável:
com queijo
com uma sobremesa
ou por si só, em qualquer ocasião
TEMPERATURA IDEAL
Sirva fresco: entre os 9ºC e os 14ºC.
DECANTAÇÃO
Não é necessária, uma vez que este Vinho do Porto filtrado não tem sedimento.
QUANDO DEVO BEBER?
ANTES DE ABRIR
Está pronto para ser bebido depois de engarrafado.
DEPOIS DE ABRIR
Pode ser saboreado durante 3 meses, desde que a garrafa seja guardada em local fresco. Este vinho é ideal para servir a copo.

Produzido na

Região do Douro